Street view - Canela /RS - Em 2011

Postagens com um pouco da história de Canela:

-- Clique abaixo da foto para abrir a postagem ou no item da lista de marcadores.

História da Catedral de Pedra.

Catedral concluída
A Igreja Matriz de Canela, “Catedral de Pedra” como é conhecida, em estilo gótico, está situada no centro de Canela, é atualmente um dos pontos turísticos mais visitados do Rio Grande do Sul.
A Igreja tem 65 m de altura, toda revestida de pedra basalto, possui um carrilhão de doze sinos de bronze,
que leva o nome de “Carrilhão da Independência” que foi fabricado pela fundição Giacomo Crespi, na Itália, e aqui instalado em 1972. Tendo o Cônego João Marchesi, uma das principais figuras da história da comunidade como o seu grande idealizador.
Contando com o projeto do Arq. Bernardo Sartori, a construção da Igreja Matriz de Canela teve inicio em 1953;
Em 1964 foram concluídas as paredes ao redor da antiga Igreja e só então se deu a demolição da mesma;
Catedral sem a torre.
Em 1965 deu-se a colocação do telhado e no ano seguinte a campanha dos vitrais que foram doados por pessoas da comunidade que representam a Ladainha de Nossa Senhora;
Em 1978 o forro foi colocado;
Em 1982 o piso em pedra basalto;
Em 1987 a porta em madeira mogno com escultura gótica de Walter Frasson.
Em construção ao redor da antiga
O seu interior é ornado por muitas obras de arte, tais como o altar esculpido em madeira pelo uruguaio Júlio Tixe, como o tema “A Santa Ceia”.  A Via Sacra, que ornamenta os dois lados internos da Igreja Matriz, foi confeccionada pelo escultor e restaurador de arte sacra Pablo Orona Herrera. Os quadros são feitos de madeira e argila, tendo ao fundo pintura sobreposta de imagens em argila. Os vitrais que iluminam a Catedral.  No altar, três painéis pintados pelo artista gaúcho Marciano Schimitz retratam a aparição de Nossa Senhora, a Alegoria dos Anjos e a Anunciação. O mesmo artista assina os brasões dos quatro evangelistas.
Nossa Senhora de Lourdes já tinha sida escolhida como padroeira da Paróquia pela comunidade canelense em 1937.
NG Canela (0007)

Google+ Followers